undefined

É crucial ter noção da importância da linguagem corporal, uma vez que há interpretações comuns que podem ser melhoradas de acordo com os seus objetivos de comunicação, seja no local de trabalho ou junto da sua família e amigos.

O primeiro passo consiste em ter consciência da sua própria linguagem corporal. Quando estiver a falar com alguém, faça uma auto-análise sobre o modo como está sentado, qual a sua postura quando está em pé, como move as mãos e as pernas.


Pode também fechar os olhos e visualizar-se numa postura confiante, seja em pé, ou sentado e depois tentar movimentar-se realmente dessa maneira. Para o ajudar a dar os primeiros passos, siga as seguintes sugestões:


- Relaxar os ombros. Quando está nervoso ou irritado, a tensão fica concentrada nos seus ombros. Como estes sobem e vão para a frente, tente contrariar o movimento ou seja, movimente-os um pouco para baixo e para trás


- Olhe nos olhos, mas tente não fixar demasiado o olhar pois pode incomodar o seu interlocutor. Por outro lado, não olhar para a pessoa com quem está a falar pode transmitir uma mensagem de insegurança


- Não cruze as pernas. Já sabe que não deve cruzar os braços pois parece que está numa posição defensiva, mas isso também se aplica às pernas, porque transmite uma atitude fechada


- Não toque na sua cara pois vai parecer que está nervoso e pode ser um factor de distração para a pessoa com quem está a falar


- Mantenha uma boa atitude, positiva e calma. O modo como se sente vai transparecer na sua linguagem corporal e isso pode fazer muita diferença em tudo o que o rodeia


Adaptado de Henrik Edberg