undefined

As pessoas que têm o hábito de ouvir música enquanto estão a trabalhar consideram que conseguem estar mais concentradas, ser mais criativas e produtivas. As mais recentes investigações sobre este assunto sugerem o seguinte:


- Músicas com letras podem ser excelentes quando está a fazer exercício intenso, para
tarefas com baixo nível de atenção, ou para atividades em que a linguagem não é muito solicitada.

- Ouvir música que já conhece é aconselhável quando pretende estar concentrado. Músicas desconhecidas causam curiosidade e, portanto, dispersão.

- A música facilita as tarefas repetitivas, sobretudo em áreas industriais. Além de aumentar a produtividade, melhora o ambiente de trabalho e o estado de espírito do empregado.

- Num ambiente de trabalho muito ruidoso a música faz com que os trabalhadores terminem as suas tarefas mais depressa, tenham melhores ideias e estejam, geralmente, mais bem-dispostos e satisfeitos.

- A música interfere na aprendizagem de novos conhecimentos. Os indivíduos têm mais dificuldade em memorizar uma tarefa complexa se a executarem enquanto ouvem música, pois esta, mesmo num volume baixo, acaba por ser um fator de distração.

- Música q.b pode aumentar a criatividade se for ouvida num nível moderado, portanto, apostar em sons neutros e sem demasiados agudos.