1 ? Não se identificar 
                                                                  ©morgeFILE.com
Um pedido não identificado gera dúvidas e implica tentar saber quem o enviou através de um telefonema ou e-mail. Envie o seu nome ou o da entidade para a qual trabalha, morada, contacto mais direto e NIF, de modo a que seja possível abrir facilmente a sua ficha de cliente. IDENTIFIQUE-SE

2 ? Não referir a língua de destino
Pode ser um lapso, puro esquecimento ou porque pretende traduzir sempre para a mesma língua, sendo a mais recorrente o inglês. Lembre-se que a maioria das agências de traduçãotrabalha com diversos pares de línguas em simultâneo. INDIQUE A LÍNGUA DE DESTINO

3 ? Não dizer que tem um prazo
Geralmente precisa da sua tradução ?para ontem?, daí fazer o seu pedido com a menção de ?muito urgente?. Ao referir uma data de entrega do trabalho está a indicar qual o seu grau de urgência, de modo a que a agência de tradução possa dar uma resposta eficaz. INDIQUE O PRAZO DE ENTREGA

4- Não enviar o conteúdo para tradução
Um pedido em que refere apenas o número de páginas para tradução não é conclusivo. Sempre que possível, envie o ficheiro que quer traduzir para que seja mais simples verificar não só o número de palavras, como a complexidade do tema ou o grau de especificidade técnica que exige. Se for em Word, sem imagens não editáveis ou conteúdos bloqueados, vai também agilizar todo o processo, pois o tradutor não vai ter que passar o texto para um Word antes de começar a tradução. ENVIE O FICHEIRO E EM FORMATO EDITÁVEL

5 ? Não saber como é o processo de trabalho
Antes de fazer o seu pedido, consulte o site da agência de tradução para obter o máximo de informações sobre a sua atividade. Se tem dúvidas, telefone e pergunte qual é o método de trabalho da agência de tradução. Por exemplo, na M21 Global fazemos um orçamento e só depois da adjudicação é que iniciamos a tradução. INFORME-SE ANTES DE FAZER O PEDIDO