Vamos iniciar a análise de um tema que faz parte das reflexões de qualquer bom gestor.  A certa altura vai deparar-se com a questão de saber como conseguir que cada colaborador da sua empresa tenha um desempenho elevado e se sinta continuamente motivado. Considere as seguintes sugestões:


                                              ©morgeFILE.com

1. A melhor maneira de um gestor/supervisor compreender o comportamento de um empregado é ver esse comportamento do ponto de vista do empregado.

2. O comportamento de um empregado deriva de uma combinação de fatores, incluindo o que esse empregado traz consigo e o que a situação exige do empregado.

3. Os fatores que afetam a situação incluem a definição de funções, a tecnologia, o sistema de recompensas e a cultura organizacional.

4. É obrigação do gestor compreender as diferenças interpessoais, inclusive culturais, para encontrar formas de criar bons relacionamentos interpessoais e para ajudar os empregados a aprender a superar as suas diferenças.

5. Todos os empregados estão sujeitos a ?stress? num momento ou noutro. O gestor deve compreender quer as fontes, quer os sinais de ?stress?, e aprender a lidar com eles, a fim de evitar a deterioração séria do desempenho.

6. O mais desejável para um gestor é ter empregados que estão comprometidos com o seu trabalho, envolvidos com os colegas de trabalho e com a organização.

7. As pessoas têm diferentes ?eus? em diferentes situações, dependendo dos papéis que devem desempenhar. Consequentemente, o seu comportamento numa situação pode ser muito diferente do seu comportamento noutra, mesmo que eles mantenham os seus princípios.

8. Os empregados respondem de forma diferente a mudanças, principalmente às alterações que são introduzidas para melhorar a sua produtividade. Alguns até resistem às oportunidades de participação no processo de estudo das melhorias a introduzir. Mas a maioria, se tiver oportunidade irá colaborar ativamente.

9. A maioria dos gestores luta com empregados "difíceis" mas, novamente, uma vez entendido o problema a partir da perspetiva do empregado difícil, esse comportamento pode fazer sentido e pode estar relacionado com o que a situação exige do empregado. Os empregados mais valiosos podem ser, às vezes, dos mais difíceis de gerir.

 10. Crenças e valores são determinantes poderosos de comportamento. Eles formam o núcleo de um indivíduo e moldam os padrões éticos pelos quais o indivíduo se comporta.

(continua)


Adaptado por Fernando Heleno, antigo diretor e administrador do Grupo Portugal Telecom de ©Managing Individual Behaviour, Stephen Fink