O Contágio das Emoções Quando vemos alguém a bocejar junto de nós é frequente que bocejemos também. Esta cópia inconsciente do comportamento de outros é mais frequente se se trata de alguém que nos é chegado. Também as emoções são copiadas, como por um processo de contágio. Se encontramos alguém de mau humor ficamos mal humorados. Este é um processo psicológico que se desenvolve em três fases. Na primeira copiamos expressões não-verbais, tais como postura, expressões faciais e até movimentos. Se a outra pessoa está de cenho franzido ou mostrando desaprovação por alguma coisa é provável que nós façamos o mesmo. Numa terceira fase as emoções e comportamentos ficam sincronizados. Isto é muito visível entre casais em que o mau humor de um causa o mau humor do outro até se atingir uma fase de hostilidade. Se no local de trabalho você encontra um colega num dia mau, o seu dia pode tornar-se mau também. Alertar os nossos subordinados para estes factos pode ser uma maneira eficaz de tornar o ambiente de trabalho mais aprazível e produtivo. (fonte: Mind, Gary Lewandowski)

Autor: Fernando Heleno - M21 Global - Traduções Técnicas M21 Global