undefined

Parecem bastante usuais, mas segundo estudos recentes sobre comportamento dos consumidores, se forem usadas no tom certo dão resultados verdadeiramente “mágicos”:

- Grátis
Não surpreende estar no topo da tabela, especialmente em fase de contenção económica. Entre um item grátis e outro, bastante superior, mas que está a metade do preço, o consumidor escolhe o que é gratuito. Algo grátis é mais atraente do que o conceito de obter ganhos através de um bom negócio. E ainda mais se for associado a uma compra em que tenha que fazer o mínimo esforço possível.
ATENÇÃO: Quando utilizar a palavra grátis no seu negó0cio tem que ter a certeza que não está a fazer “falsas promessas”. Não desvalorize os seus produtos/serviços tornando-os gratuitos, mas tenha atenção aos pequenos ajustes nos preços que podem despoletar a compra.

- Imediato
Ter uma recompensa imediata traz imensa gratificação e é uma poderosa alavanca para adquirir um produto ou serviço. Até os consumidores mais conservadores acabam por sucumbir a esta opção de adquirir algo que os vai compensar naquele preciso momento.
ATENÇÃO: Em todos os suportes e materiais de marketing da sua empresa tente recorrer o mais possível a sinónimos de imediato, como rápido ou instantâneo relacionados com aspetos do seu negócio.

- Novo
Tudo o que é novo está diretamente relacionado com obter compensações, por isso cria no consumidor uma ligação imediata com a vontade de aquisição.
ATENÇÃO: Aposte neste termo para tudo o que é efetivamente novidade e para evitar a imagem de empresa estagnada. Use-o em relação a melhorias de equipamentos, a novos serviços ou uma eventual atualização de imagem corporativa. No entanto, tenha sempre o cuidado de manter a ligação com o que é habitual e familiar na sua empresa, de modo a que o individuo tenha confiança no novo produto, mas continue a estar ligado à sua marca. O que torna a sua empresa única, os seus fatores diferenciadores, devem estar sempre presentes.