Notice: Undefined index: HTTP_ACCEPT_LANGUAGE in /var/www/vhosts/entrada_m21global.com/m21global.com/httpdocs/blog/classes/builder.php on line 5
 M21 Global - Dicas sobre Gestão e Tradução

Traduções: porque deve optar por uma empresa

undefinedQuando precisa de traduções técnicas ou jurídicas tem que saber que o trabalho vai ser perfeito. Na M21 Global estamos habituados a um elevado nível de exigência em todos as traduções que fazemos e, sobretudo, nas de cariz mais especializado.
Não se esqueça que uma empresa que está estabelecida no mercado oferece a garantia de um serviço profissional, contratualizado e a certeza que a sua tradução vai ser entregue na data prevista.
Se não conhece o sector, opte pela segurança de uma agência já reconhecida, com provas dadas, à qual pode solicitar um teste para ver se é adequada aos seus objetivos e obter uma tradução com o nível de profissionalismo que a sua empresa merece.
Saiba mais em M21 Global

Palavras que encantam os clientes

 undefined

Parecem bastante usuais, mas segundo estudos recentes sobre comportamento dos consumidores, se forem usadas no tom certo dão resultados verdadeiramente “mágicos”:

- Grátis
Não surpreende estar no topo da tabela, especialmente em fase de contenção económica. Entre um item grátis e outro, bastante superior, mas que está a metade do preço, o consumidor escolhe o que é gratuito. Algo grátis é mais atraente do que o conceito de obter ganhos através de um bom negócio. E ainda mais se for associado a uma compra em que tenha que fazer o mínimo esforço possível.
ATENÇÃO: Quando utilizar a palavra grátis no seu negó0cio tem que ter a certeza que não está a fazer “falsas promessas”. Não desvalorize os seus produtos/serviços tornando-os gratuitos, mas tenha atenção aos pequenos ajustes nos preços que podem despoletar a compra.

- Imediato
Ter uma recompensa imediata traz imensa gratificação e é uma poderosa alavanca para adquirir um produto ou serviço. Até os consumidores mais conservadores acabam por sucumbir a esta opção de adquirir algo que os vai compensar naquele preciso momento.
ATENÇÃO: Em todos os suportes e materiais de marketing da sua empresa tente recorrer o mais possível a sinónimos de imediato, como rápido ou instantâneo relacionados com aspetos do seu negócio.

- Novo
Tudo o que é novo está diretamente relacionado com obter compensações, por isso cria no consumidor uma ligação imediata com a vontade de aquisição.
ATENÇÃO: Aposte neste termo para tudo o que é efetivamente novidade e para evitar a imagem de empresa estagnada. Use-o em relação a melhorias de equipamentos, a novos serviços ou uma eventual atualização de imagem corporativa. No entanto, tenha sempre o cuidado de manter a ligação com o que é habitual e familiar na sua empresa, de modo a que o individuo tenha confiança no novo produto, mas continue a estar ligado à sua marca. O que torna a sua empresa única, os seus fatores diferenciadores, devem estar sempre presentes.

 

Qual é a música que “mexe consigo”?

undefined

 

Se a música é um fator que influencia a produtividade no local de trabalho, saiba quais são as recomendadas para aumentar ainda mais o seu ritmo:

- MÚSICA CLÁSSICA: é adequada para tarefas em que tenha que estar focado. Atenção que este género musical é vasto, variando entre ritmos acelerados e calmos, sendo a música do período barroco a mais indicada para aumentar os níveis de concentração.

- MÚSICA ELETRÓNICA: mais concretamente os sub-géneros de chill out ou ambient house, são ideais para música de fundo, ou seja, estão presentes mas não se sobrepõem ao que está a fazer. São, geralmente, repetitivas, para que a semelhança de tons torne o ambiente neutro, aumentando a capacidade de estar focado em tarefas que exijam criatividade.

- MÚSICA DE JOGOS: pela sua natureza, ajudam em atividades que impliquem múltiplas tarefas, mas sem interferir na sua execução, ou seja, não distraindo o indivíduo da sucessão de processos.

- TODOS AS OUTRAS: Jazz, hip-hop, rock, blues… desde que as letras não o façam distrair do trabalho e ajudem a criar um ambiente de fundo ideal para aumentar a sua produtividade.

Adaptado de Gregory Ciotti

Reuniões: escreva antes de falar

undefinedAtualmente há correntes de pensamento que defendem que a técnica de brainstrorming não é tão eficaz quanto parecia, pois o fato de se partilhar todas as ideias que surgem faz com que, quando uma pessoa está a falar, as outras não estejam a pensar nas suas próprias sugestões. Além disso, as primeiras ideias acabam por influenciar todas as restantes e até condicionar a criatividade.


Qual é a alternativa? Uma técnica designada por “brainwriting” que se baseia num princípio muito simples: a fase de ter ideias deve estar separada da parte de falar sobre elas em grupo. Ou seja, primeiro escrever a ideia e só depois falar sobre ela.
Antes da reunião, os participantes devem apontar as ideias, depois partilham-nas com o grupo mas seguindo o método de coloca-las num quadro sem identificar os autores, para que escolham as que considerem melhores. Só depois é que as pessoas passam para a fase de discussão e troca de impressões.


Desta forma, as ideias não são influenciadas, acabam por ser mais diversificadas e até mais originais. Além disso, todos têm uma hipótese de dar a sua opinião, enquanto que com brainstorming é usual que só algumas pessoas dominem a reunião.

Perseverante, resiliente ou apenas… teimoso?

 

undefined

Qualquer que seja o nome dado, a realidade é que há pessoas que resistem a situações laborais complexas com mais facilidade do que outras. Fazer face aos problemas profissionais depende muito de como o indivíduo lida com eles e é sabido que manter-se ativo e otimista é a chave para conseguir enfrentar as oscilações do mercado. Mas, não só.
Ter objetivos claros faz com que se consiga ter as prioridades bem definidas e isso é essencial para quando outras situações o podem levar a dispersar. Além disso, nas empresas, se todos estiverem conscientes dos objetivos, podem também contribuir com ideias úteis que podem fazer a diferença no futuro.
Capacidade de adaptação é igualmente essencial. Cada empresa tem que conseguir reformular-se para satisfazer as necessidades reais dos seus clientes. Para isso é necessário ter sensibilidade para identificar as mudanças e reinventar-se.
Aceitar que determinada estratégia não resultou faz também parte de quem resiste às adversidades porque, passada esta fase, quando voltar a emergir, vai ficar duplamente satisfeito pelas capacidades que entretanto desenvolveu para responder à crise.

Adaptado de artigo de Gwen Moran

M21 Global: estamos aqui para simplificar

undefined

O contexto económico nacional da atualidade tem gerado uma maior necessidade de procurar emprego noutros países. No âmbito desses processos de emigração é habitual ser solicitada a tradução de documentos de identificação pessoal e comprovativos de habilitações literárias, entre outros.

Na M21 Global integramos uma equipa de tradutores experientes neste tipo de trabalhos e de profissionais que podem, paralelamente, efetuar o serviço de autenticação ou certificação das traduções dos documentos. Tratamos também do processo de colocação de Apostilha de Haia, se necessário.

Um aspeto prático a ter em consideração é que, quando solicita uma tradução autenticada, esta vai ter por base o documento original. Por isso, se vai precisar dele para outros fins, faça antes uma fotocópia autenticada e entregue-a para ser traduzida. Esta é uma sugestão que indicamos sempre aos nossos clientes.

Saiba mais em M21 Global

Férias: missão impossível?

undefined

Para certos empresários que desempenham cargos fulcrais onde trabalham ou que desenvolvem atividade por conta própria, é complicado gozar férias. Saiba que é essencial fazer pausas para que o seu organismo possa recuperar do stress do quotidiano laboral. Além disso deixa de estar focado apenas no seu círculo e diversifica os interesses, o que até pode ser benéfico para o seu negócio.


Se tem dificuldade em dar esse passo, sugerimos que comece por pagar já as férias. Se pensar que já gastou a verba do transporte e alojamento, de certeza que considera os prejuízos de adiar a viagem, o que vai motivá-lo a ir.


Um dos motivos mais apontados para não ir de férias é não ter em que se possa delegar convenientemente as tarefas. Para inverter esta tendência comece a dar formação a alguém da sua confiança algum tempo antes de se ausentar. Tente fazer essa “passagem” enquanto ainda está na empresa, deixando claro junto de cada empregado como o sistema vai funcionar na sua ausência e o que pretende que esteja feito quando regressar.


Por fim, e talvez o mais difícil… “desligue”. Para quem pratica uma gestão centralizada é quase penoso delegar, mas as férias são ideias para treinar, aos poucos, quem o fica temporariamente a substituir. Evite estar constantemente a verificar o email e reencaminhe as chamadas para o seu substituto. Se, mesmo assim, for difícil afastar-se, tente criar um horário pré-definido para tratar de todos os assuntos e depois disso… regresse às suas férias!

Porque não deve almoçar na sua secretária

 

undefined

Quando traz a refeição de casa e passa a hora de almoço na sua secretária, provavelmente considera que está a aproveitar melhor o tempo e que, se não o fizer, transmite a ideia de que produz menos. Mas, segundo um estudo recente sobre os padrões de comportamento durante a hora de almoço nos escritórios, afinal a realidade não é essa: os funcionários que não fazem uma pausa para tomar a sua refeição, tendencialmente demonstram mais fadiga e menor produtividade.

Por isso, comece por usufruir da hora de almoço para fazer uma pausa a todo o fluxo de trabalho e recarregar energias. Se tem este hábito muito enraizado, comece por mudar de cenário e saboreie a sua refeição ao ar-livre, num parque ou zona verde. Em alternativa, o simples olhar da janela para um jardim faz com que recupere da fadiga e do stress mais rapidamente.

Pode também aproveitar os espaços para refeições existentes atualmente na maioria das empresas, desde que isso implique sair da sua secretária e fazer realmente uma pausa. O mesmo estudo indica também que os almoços de negócios não devem ser interpretados como intervalos, uma vez que durante a refeição só se fala sobre trabalho. Se estes forem inevitáveis, antes de ir almoçar com colegas ou clientes, tente fazer uma pausa, caminhar um pouco ou fazer algo que considere relaxante como ouvir música, ler um livro ou telefonar a um amigo.

A música afeta a produtividade?

undefined

As pessoas que têm o hábito de ouvir música enquanto estão a trabalhar consideram que conseguem estar mais concentradas, ser mais criativas e produtivas. As mais recentes investigações sobre este assunto sugerem o seguinte:


- Músicas com letras podem ser excelentes quando está a fazer exercício intenso, para
tarefas com baixo nível de atenção, ou para atividades em que a linguagem não é muito solicitada.

- Ouvir música que já conhece é aconselhável quando pretende estar concentrado. Músicas desconhecidas causam curiosidade e, portanto, dispersão.

- A música facilita as tarefas repetitivas, sobretudo em áreas industriais. Além de aumentar a produtividade, melhora o ambiente de trabalho e o estado de espírito do empregado.

- Num ambiente de trabalho muito ruidoso a música faz com que os trabalhadores terminem as suas tarefas mais depressa, tenham melhores ideias e estejam, geralmente, mais bem-dispostos e satisfeitos.

- A música interfere na aprendizagem de novos conhecimentos. Os indivíduos têm mais dificuldade em memorizar uma tarefa complexa se a executarem enquanto ouvem música, pois esta, mesmo num volume baixo, acaba por ser um fator de distração.

- Música q.b pode aumentar a criatividade se for ouvida num nível moderado, portanto, apostar em sons neutros e sem demasiados agudos.

M21 Global e Ashford Portugal: parceria perfeita

undefined

Iniciamos uma nova rubrica que, de entre o vasto leque de traduções que desenvolvemos, destaca um projeto já concluído pela M21 Global.
Para inauguração escolhemos a Ashford, uma prestigiada marca da Nova Zelândia especializada em rodas de fiar e em teares, representada em Portugal pela “Retrosaria das Flores”. Pela sua especificidade técnica, este trabalho exigiu um profunda investigação dos termos que são usados em português para este tipo de equipamento.
Para António Assucena, representante da empresa, os pontos que considera mais importantes salientar são: “Excelente trabalho, tanto na tradução e respetivos esclarecimentos, como no tempo de resposta! O que prometeram, entregaram e antes do tempo previsto. Recomendo!”

Saiba mais em:
www.ashford.co.nz/newsite/
//www.facebook.com/pages/Retrosaria-das-Flores/186791408075244

Posts recentes → Home ← Posts anteriores

Sobre Nós

  • M21 Global - Translating Your Business
  • M21 Global - Translating Your Business
  • Uma das melhores empresas de tradução empregando exclusivamente tradutores nativos nas áreas da tradução técnica e jurídica , que são especialistas em variados domínios técnicos.

Pensamento

A gestão, a comunicação e a tradução estão de mãos dadas. O gestor não pode comunicar da mesma maneira com pessoas distintas. Deve adaptar o discurso ao destinatário. Isto deve ser encarado como a forma mais elaborada de tradução.